Novos Critérios para a Perturbação do Espectro do Autismo (PEA), segundo o DSM V

DSM-V

O que antes (DSM-IV) era uma tríade de sintomas, transformou-se em uma díade e seus sub-grupos, atendendo a critérios específicos:

A Díade é composta de:

  • Os deficits sociais e de comunicação.
  • Comportamentos repetitivos e restritivos.

Os sintomas devem estar presentes no início da infância, mas podem não se manifestar completamente até que as demandas sociais excedam o limite de suas capacidades.

 Conhecendo os Critérios dos dois Pilares de Diagnóstico do PEA.

Os deficits sociais e de comunicação.

A fim de receber um diagnóstico de Transtorno do Espectro do Autismo, uma pessoa deve ter os três seguintes deficits, dentro da comunicação e da comunicação social:

Problemas de interação social ou emocional alternativo – Isso pode incluir a dificuldade de estabelecer conversas e interações, a incapacidade de iniciar uma interação e problemas com a atenção compartilhada ou partilha de emoções e interesses com os outros.

Problemas para relações – Isso pode envolver uma completa falta de interesse em outras pessoas, a dificuldade de se engajar em atividades sociais apropriadas à idade e problemas de adaptação a diferentes expectativas sociais.

Problemas de comunicação não verbal – o que pode incluir dificuldade no contato visual, postura, expressões faciais, tom de voz e gestos, bem como a dificuldade de entender esses sinais não verbais de outras pessoas.

Comportamentos repetitivos e restritivos

Além disso, o indivíduo deve apresentar pelo menos dois destes comportamentos:

  • Apego extremo a rotinas e padrões e resistência a mudanças nas rotinas, sinais ritualísticos.
  • Fala ou movimentos repetitivos ou estereotipados.
  • Interesses intensos e restritivos.
  • Dificuldade em integrar informação sensorial ou forte procura ou evitar comportamentos de estímulos sensoriais, caracterizando problemas de transtornos sensoriais.

Foi Incorporado o nível de gravidade para os critérios I e II: Nível de gravidade de 1 a 3 segundo o tipo e apoio que esse indivíduo necessita. Apoio substancial, muito substancial e apoio.

Sendo assim o indivíduo com PEA, passa a ter três níveis classificatórios: leve, moderado e grave. Essas classificações dependem de como os critérios: “A. Os deficits sociais e de comunicação” e “B. Comportamentos repetitivos e restritivos”, trabalham entre eles e impactam o indivíduo.

O DSM- IV tinha três critérios principais para diagnóstico: Desafios de Linguagem; Deficits sociais; Comportamentos estereotipados ou repetitivos.

O DSM-V apresenta os dois seguintes domínios: um composto por um domínio relativo a deficit de comunicação social; um segundo relativo a comportamentos/interesses restritos e repetitivos.

O DSM-V explica que é difícil separar os deficits de comunicação e os deficits sociais, uma vez que estas duas áreas se sobrepõem de forma significativa. A comunicação é frequentemente utilizada para fins sociais, e os deficits de comunicação podem afetar drasticamente o desempenho social.

Os atrasos de linguagem não fazem parte do diagnóstico: anteriormente, um atraso de linguagem foi um factor significativo no diagnóstico de autismo clássico. Além disso, os indivíduos com Transtorno de Asperger não poderiam ter um atraso de linguagem, a fim de receber esse diagnóstico.

 “Esse conceito onde o indivíduo não é autista e sim um indivíduo que sofre as consequências dessa Perturbação é um marco no desenvolvimento social e de tratamento ás pessoas que têm o diagnóstico de PEA. Damos um novo paradigma a essa condição, pois assim não pensamos o indivíduo de forma reduzida, mas como alguém que sofre as consequências de uma perturbação Sendo assim passamos a entender que dentro desse individuo com a perturbação existe uma pessoa que deseja, que sente, que entende, que ouve, que cheira, que gosta e que desgosta…

Dessa forma ao falarmos da pessoa com PEA, falamos que a pessoa, o individuo têm “autismo” ou têm “TEA (Transtorno do Espectro do Autismo) e não mais ele é “autista”- Adriana Godoy (Autismo Projeto Integrar)”.

Resultado de imagem para autismo

Conheça  mais e faça a sua pré inscrição ainda hoje em: https://pgpneuroeducacao.wordpress.com/inscricao/

Fonte :https://autismoprojetointegrar.wordpress.com/inicio/dsm-v-informando-o-que-e-o-autismo/